Laudos antropológicos, situações de perícia e interface de saberes: dilemas a partir do caso dos remanescentes de quilombos

Laudos antropológicos, situações de perícia e interface de saberes: dilemas a partir do caso dos remanescentes de quilombos

Descrição

A reflexão volta-se para os impactos do processo de reconhecimento visando à titulação de terras de comunidades de quilombo no âmbito do prescrito pelo art. 68 do ADCT/CF-1988. Nesse sentido, visa refletir a respeito da emergência de novas categorias de sujeitos de direitos e seus efeitos socioculturais e políticos para os grupos em questão e agentes envolvidos no processo, em campo marcado pelo conflito – de vozes, de interesses, de saberes e de competências. Aqui se destacam a relevância e o lugar do laudo antropológico de reconhecimento, seu percurso social e valor político, além do papel do antropólogo que atua nessa interface.

Detalhes

  • Título: Laudos antropológicos, situações de perícia e interface de saberes: dilemas a partir do caso dos remanescentes de quilombos
  • Autor: Rebeca Campos Ferreira
  • Data: 2012
  • Coleção: Acervo pessoal Rebeca Campos Ferreira
  • Direitos autorais: Rebeca Campos Ferreira
  • Fonte: DILEMAS: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social, v. 5, n. 4, Rio de Janeiro, out-nov-dez 2012, pp. 681-704.
  • Formato: Digital
  • Idioma: Português
  • Citação: “Laudos antropológicos, situações de perícia e interface de saberes: dilemas a partir do caso dos remanescentes de quilombos”. Arquivo Histórico Digital de São Roque. Disponível em http://www.arquivosaoroque.com.br/acervo/items/show/528. Acesso em 11/12/2018.

Download

Download em alta resolução