Coleções

Navegue pelas coleções do nosso acervo digital

Arquivo Público do Estado de São Paulo

O Arquivo Público do Estado de São Paulo tem desde 1892 a atribuição de guarda e conservação das publicações da Imprensa Oficial, principalmente o Diário Oficial do Estado. Seu acervo conta hoje com uma coleção de mais de 48 mil livros, 235 mil exemplares de jornais, 30 mil exemplares de revistas e 16 mil exemplares de publicações seriadas.

VER ITENS DA COLEÇÃO

Acervo pessoal Renato Lovisolo

Renato Lovisolo nasceu em São Paulo em 1963 e mudou-se para São Roque ainda criança. Filho de Wilma Cecília Benucci Lovisolo (1935-2012) e do agrônomo italiano Remo Lovisolo, que chegou ao Brasil em 1956 para trabalhar como enólogo na Martini & Rossi no Rio Grande do Sul e posteriormente na Gancia Cooperativa Vinícola e Agrícola de São Roque. Renato estudou engenharia agrária na Universidade de Bari, Itália. Seu acervo pessoal possui fotografias, pinturas, gravações em vídeo e documentos familiares.

VER ITENS DA COLEÇÃO

Acervo da Paróquia de São Roque

A Paróquia de São Roque tem sua origem no século XVII com a construção da primeira igreja do antigo povoado de Pedro Vaz de Barros dedicada a São Roque, santo francês conhecido na Europa por ter realizado milagres em sua peregrinação de Montpellier à Roma. As principais igrejas da Paróquia de São Roque são a Igreja de São Benedito, construída em 1855, e a Igreja da Matriz, a mais antiga, considerada a maior igreja brasileira dedicada ao santo francês. Ela passou por muitas reformas e teve sua fachada com linhas arquitetônicas no estilo colonial barroco até o ano de 1937, quando era chamada de Matriz Velha. Depois iniciou-se uma nova construção. O interior da igreja é todo pintado e decorado com imagens estrangeiras de grande valor e com belos vitrais que contam a vida e a morte do padroeiro. O acervo da Paróquia de São Roque conta com registros de batismos, casamentos e óbitos de São Roque entre os séculos XVIII e XX. Os documentos originais estão sob guarda da Arquidiocese de São Paulo e foram digitalizados pela Genealogical Society of Utah.

VER ITENS DA COLEÇÃO

Acervo pessoal Vander Luiz

Vanderlei Luiz Rosa é jornalista esportivo e começou sua carreira aos 16 anos narrando futebol na Rádio Universal de São Roque (1983). Passou pelas emissoras Convenção de Itu, Cacique de Sorocaba, Difusora de Osasco, Centenário de Araras, FM 90 de Salto e Cruzeiro do Sul de Sorocaba, além da TV Metropolitana de Sorocaba. Trabalhou ainda por quase 19 anos na Rádio Jovem Pan de São Paulo (1996-2015).
Em São Roque escreveu nos jornais Estação de Notícias, A Tribuna (1987), O Democrata (1988/89), O Carambeí (1993/95) e Jornal da Economia, do qual é um dos fundadores (1990) ao lado do jornalista Carlos Mello. Desde o início de sua carreira sempre teve a preocupação de buscar o maior número possível de informações sobre o evento ou o jogo em que iria trabalhar. Logo percebeu que os registros sobre o esporte são-roquense eram vagos. Ao longo de anos reuniu em seu acervo entrevistas, fotos e gravações (áudio e vídeo) sobre os fatos mais importantes de São Roque e região.

VER ITENS DA COLEÇÃO

Acervo pessoal Luiz Capy

Luiz Capy é um artista plástico, escritor e fotógrafo são-roquense. Estudou na Escola Estadual Horácio Manley Lane e formou-se em administração de empresas pela Universidade de Sorocaba em 1977. Seu acervo é composto por fotografias antigas da cidade de São Roque, pinturas, textos, entre outros conteúdos.

VER ITENS DA COLEÇÃO

Acervo pessoal Luís Guilherme Campos de Oliveira

Luís Guilherme Campos de Oliveira, 49 anos, é Engenheiro de Alimentos formado pela UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas, casado com Ana Flávia Castro Zandoná e pai de duas filhas, de seu primeiro casamento. Filho da professora Odila Amélia Tagliassachi Campos de Oliveira e do engenheiro civil Mário Luiz Campos de Oliveira, prefeito de São Roque em dois mandatos (1960-1963 e 1982-1988), tem um irmão e duas irmãs. Nasceu em São Roque em 31 de dezembro de 1962.

VER ITENS DA COLEÇÃO

Acervo pessoal Franco Masotto

Franco Masotto é artista plástico, nascido em Milão e radicado em São Roque. Chegou ao Brasil em 1952 após fugir de casa aos 16 anos. O pintor conheceu o mundo trabalhando em um barco baleeiro onde trocava suas obras, que retratavam as viagens, por comida. Consagrado pela sua vitalidade, força e coragem, Masotto utiliza técnica mista, tinta óleo, aquarela e desenvolveu um pigmento próprio que, segundo ele, é segredo absoluto. O acervo de Franco Masotto conta com diversas de suas obras que retratam pessoas, animais e paisagens.

VER ITENS DA COLEÇÃO

Acervo pessoal Glauco Roque de Paula Santos‎

Glauco Roque de Paula Santos‎ nasceu em 1954 e é filho de Synésio de Paula Santos, que foi presidente do São Roque Clube e teve importante participação na vida social, política e na Igreja Católica da cidade de São Roque. Estudou na Cyprus High School nos Estados Unidos e na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/USP). Trabalhou nas empresas VASP e Terumo e foi vice-presidente do São Roque Clube. Desde 1994 mora em Miami, nos Estados Unidos, sem nunca ter perdido o contato com a família e os amigos em São Roque, terra natal pela qual nutre um imenso carinho. Seu acervo é composto por fotografias familiares na cidade de São Roque.

VER ITENS DA COLEÇÃO

Acervo do Quilombo do Carmo

O Quilombo do Carmo está localizado no bairro rural negro do Carmo, em São Roque, e é formado por descendentes de escravos da Ordem do Carmo, auto-designados filhos de Nossa Senhora do Carmo. A comunidade surgiu em meados do século XVIII e hoje sua identidade quilombola está ligada à fé e ao compartilhamento de uma origem comum, definida pela descendência da Santa, considerada a proprietária das terras e mãe de todos eles. A perda territorial da comunidade é significativa: de 1919 a 2011 houve uma redução de 99,72% da área ocupada. Passaram de uma área total de 2.175 aos atuais 6,6 alqueires, distribuídos ao redor da capela de Nossa Senhora do Carmo. Em agosto de 2000, a comunidade foi reconhecida como Comunidade Remanescente de Quilombo e Patrimônio Cultural Brasileiro pela Fundação Cultural Palmares. A comunidade é representada pela Associação do Quilombo de Nossa Senhora do Carmo.

VER ITENS DA COLEÇÃO

Acervo pessoal Edson D’aísa

Edson D’aísa nasceu em São Roque em 8 de março de 1966. Seu interesse pela música despertou ainda na adolescência. Influenciado pelos festivais estudantis, na década de 1980 começou compor. Premiado em diversos festivais, suas composições buscam sempre a essência das histórias e de personagens do seu lugar. Em 2006 foi contemplado pelo Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (ProAC) com o projeto “Darcy Penteado na Canção”. Em 2007 gravou seu primeiro CD “Todos os Cantos do Vale”, totalmente autoral, com participações de Lula Barbosa na faixa “Por todos os Cantos II” e João Bid em “Tua Obra, Teu Pão”. A convite do cantor e compositor João Bid participou do CD “O Tempo e a Paciência” na música “Jabá”. Sua música “Nova Embarcação” foi gravada pela cantora Priscila Lira no seu primeiro CD. É autor da letra do “Canto de exaltação à São Roque” hino oficial da cidade. Dividiu o palco com artistas como o violeiro Paulo Freire e o compositor Paulo César Pinheiro. Em 2014 lança seu segundo CD “Tua Obra, Teu Pão”. Atualmente apresenta o show de título homônimo ao seu último CD e o projeto “Voz e Violão do Deodoro Bandeirante”. Seu acervo é composto por gravações em áudio e vídeo com suas composições.

VER ITENS DA COLEÇÃO

FALE CONOSCO